Escolta de Ford

1980-1990 de lançamento

Reparo e operação do carro



Ford Eskort
+1.1. Características de um desenho
+ 2. Manutenção
- 3. Motores
   +3.1. Óleo Diesel OHV e motores CVH
   -3.2. Motor diesel 1,6 e 1,8 de dm3
      -3.2.1. Característica técnica
         3.2.1.1. Dados gerais
         3.2.1.2. Cabeça do bloco de cilindros
         3.2.1.3. Bloco de cilindros do motor
         3.2.1.4. Mecanismo de Krivoshipno-shatunny
         3.2.1.5. Sistema de distribuição de gás
         3.2.1.6. Sistema de combustível
         3.2.1.7. Sistema de lubrificação
         3.2.1.8. Esfriamento de sistema
         3.2.1.9. Aperto de momentos
      3.2.2. Princípio de operação do motor diesel
      +3.2.3. Serviço e reparo
      +3.2.4. Sistema de combustível
      +3.2.5. Bomba de combustível de alta pressão
      +3.2.6. Cabeça do bloco de cilindros
      +3.2.7. Desmontagem do motor 1,6 de dm3
      3.2.8. Diferenças em reunião do motor com um volume de trabalho de 1,8 dm3
+4. Sistema de lubrificação
+5. Esfriamento de sistema
+6. Sistema de lançamento
+7. União
+8. Transmissões
+9. Cabos de poder
+10. Gerência de engrenagem
+11. Direção
+12. Sistema de freios
+13. Corpo
+14. Equipamento elétrico


7371286f

3.2.1.9. Aperto de momentos

INFORMAÇÃO GERAL

Pinos de fixação de uma cabeça do bloco de cilindros (cada vez novos pinos):
  – 1 etapa
20 – 30 nanômetros
  – 2a etapa
76 – 92 nanômetros
  – 3a etapa
esperar 2 minutos
  – 4a etapa
apertar-se em 90 °
Coberturas de carregamentos do eixo
18 – 22 nanômetros
Coberturas de carregamentos radicais:
  – 1 etapa
24 – 30 nanômetros
  – 2a etapa
apertar-se em 75 °
Coberturas de varas:
  – 1 etapa
20 – 30 nanômetros
  – 2a etapa
apertar-se em 60 °
  – 3a etapa
apertar-se em 30 °
Pêndulo:
  – 1 etapa
24 – 30 nanômetros
  – 2a etapa
apertar-se em 45 °
  – 3a etapa
apertar-se em 45 °
Roldana de um cabo intermediário
40 – 51 nanômetros
Tomada do carregamento de uma roda de engrenagem intermediária
45 – 50 nanômetros
Roldana da bomba de combustível
18 – 22 nanômetros
A roda de engrenagem do combustível bombeia em um cabo de bomba
40 – 50 nanômetros
Dispositivo Tension de um cinto de engrenagem do passeio da bomba de combustível
40 – 57 nanômetros
Roldana de eixo:
  – Pino de M6
8 – 10 nanômetros
  – Pino de M8
27 – 33 nanômetros
Dispositivo Tension de um cinto de engrenagem do passeio do eixo
30 nanômetros
Cobertura de condução de cintos de sistema de distribuição de gás e bomba de combustível
8 – 10 nanômetros
Capa traseira ao bloco de cilindros
16 – 21 nanômetros
Expeça a cobertura ao bloco de cilindros
20 – 28 nanômetros
A bomba de óleo ao bloco de cilindros
18 – 22 nanômetros
Carregamento básico de um cabo intermediário
8 – 10 nanômetros
Selante de um cabo intermediário
20 – 25 nanômetros
Caso de óleo
6 – 9 nanômetros
Bomba de combustível
18 – 22 nanômetros
Portador do filtro de combustível
20 – 25 nanômetros
Cobertura de uma cabeça do bloco de cilindros
3 – 4 nanômetros
Tomadas de incandescência
25 – 30 nanômetros
Arames em velas
3,4 – 4,4 nanômetros
Bocais a uma cabeça do bloco de cilindros
60 – 80 nanômetros
Conexões de oleodutos de bocais
15 – 25 nanômetros
Entrada e coletores finais a uma cabeça do bloco de cilindros
10 – 14 nanômetros
Pinos de um coletor final
20 – 28 nanômetros
Parte principal de união
16 – 20 nanômetros
A bomba de água ao bloco de cilindros
20 – 25 nanômetros
Roldana da bomba de água
7 – 10 nanômetros
Tubos de ramo da bomba de água
10 nanômetros
Tubos de ramo de mangueiras de lançamento em uma cabeça do bloco de cilindros
20 nanômetros
Tubos de ramo de mangueiras do partido de cara em uma cabeça do bloco de cilindros
9 – 11 nanômetros
Bomba de vácuo
18 – 20 nanômetros
O caso de termostato em uma cabeça do bloco de cilindros
18 – 22 nanômetros
Esculpir engarrafamentos de tráfego de canais de óleo
19 – 25 nanômetros
Esculpir rolha do parafuso de ajuste de VMT
20 – 25 nanômetros
Drene a rolha de esfriar o líquido
19 – 25 nanômetros
Rolha de dreno de óleo
21 – 28 nanômetros